MANIFESTO DA INICIATIVA DO ESPORTE PELA IGUALDADE RACIAL

Somos dirigentes esportivos, treinadores, árbitros, atletas, desportistas em geral, torcedores, membros da imprensa, lideranças de empresas de comunicação, lideranças empresariais, patrocinadores, operadores do direito desportivo, membros de organizações governamentais e não governamentais, pessoas ligadas direta ou indiretamente ao mundo do esporte, assumindo o compromisso com a promoção da igualdade racial, com o enfrentamento do racismo que afeta a população negra no Brasil e que afeta o desenvolvimento das pessoas, dos negócios, dos espetáculos esportivos e da sociedade.

 

Entendemos que a discriminação racial deve ser erradicada em nossas organizações e em nossas atividades relacionadas ao esporte, enfrentando todas as formas pelas quais ela se apresenta na relação com todos os públicos envolvidos: público interno, fornecedores, sindicatos, imprensa, comunidade em geral, entre outros.

 

Nossas organizações e nossas atividades relacionadas ao esporte não existem para discriminar ou compactuar com práticas de discriminação racial, mas para realizar uma missão que envolve necessariamente o respeito aos direitos humanos e a contribuição para o desenvolvimento sustentável.

 

Faz parte de nossa promessa, como organizações e pessoas do século XXI, sermos justos e éticos, por isso mesmo criativos e inovadores na busca de soluções que nos levem ao sucesso numa sociedade bem-sucedida, livre do racismo e de seus prejuízos a todas as pessoas.

 

Sabemos que as desigualdades étnico-raciais somadas às desigualdades de gênero estão presentes na sociedade onde realizamos nossas atividades. Elas afetam nosso desempenho em todos os níveis e por isso nos comprometemos a não apenas erradicar as práticas de discriminação racial em nossas organizações, mas a promover o valor da diversidade em todas as nossas ações e em todos os nossos relacionamentos.

 

Entendemos que, frente às desigualdades existentes, não basta rejeitar as práticas de discriminação, mas que é preciso realizar ações que possam corrigir as distorções, aproximando as nossas organizações dos segmentos étnico-raciais que enfrentam barreiras no acesso a oportunidades, tratamento justo, desenvolvimento profissional e plena realização do potencial de cada indivíduo, da organização e da sociedade.

 

Tudo que puder nos aproximar da composição étnico-racial da sociedade, tonar nossos ambientes inclusivos, respeitosos e plurais, promotores de respeito aos direitos humanos e, portanto, promotores de um mundo mais sustentável, interessa às nossas organizações, às nossas atividades no mundo esportivo e exige esforços para transformar discursos em práticas concretas de igualdade racial em tudo que somos e fazemos.

 

Queremos, por meio da Iniciativa Esporte pela Igualdade Racial e seus 10 Compromissos, afirmar nosso apreço pela diversidade humana, nosso compromisso com a rejeição às práticas de discriminação e nosso compromisso com a promoção da igualdade como expressão do respeito a todas as pessoas.

 

Valorizamos a diversidade e acreditamos que é fator fundamental para sermos pessoas e organizações melhores em sociedades sustentáveis. É nessa perspectiva que observamos e priorizamos em nossas ações os segmentos étnico-raciais historicamente discriminados, dentre os quais se destaca a população negra, sobretudo porque representa mais de 50% da população brasileira.

 

Dentro da população negra, reconhecemos que a somatória de situações de vulnerabilidade e desvantagem atinge, sobretudo, os mais jovens, os mais velhos, as mulheres, os homossexuais, as pessoas transgênero, as pessoas com deficiência, as pessoas mais pobres, as pessoas de religiões de origem africana, entre outros aspectos que devemos considerar nas práticas de promoção da igualdade racial.

 

Reafirmamos, ao priorizar esse segmento da população nas práticas de promoção da igualdade racial, que a discriminação é fonte de prejuízo humano, econômico, político, ambiental, cultural e social para toda a sociedade e que o desenvolvimento sustentável que buscamos só será possível com a participação ativa de todos e todas no respeito aos direitos humanos.

 

 

CARTA DE ADESÃO À INICIATIVA DO ESPORTE PELA IGUALDADE RACIAL E SEUS 10 COMPROMISSOS

 

Apresentação

 

Pessoas e organizações com responsabilidades e participação direta ou indireta em atividades esportivas no Brasil se comprometem, por meio da assinatura desta Carta, com o enfrentamento do racismo e a promoção da igualdade racial.

 

Os compromissos expressam sintonia com os princípios, leis e normas de respeito aos direitos humanos direta ou indiretamente relacionados à temática racial, estimulam atuação visando à expansão desses direitos na sociedade e também, voluntariamente, no âmbito de sua organização e de seus relacionamentos.

 

Assinar a Carta significa participar deste movimento de mobilização e de efetivo enfrentamento do racismo contra a população negra que a Iniciativa propõe realizar na sociedade brasileira. Os compromissos representam a agenda de trabalho concreto em torno da qual essa participação acontece, favorecendo articulação e integração de esforços de pessoas e organizações das mais variadas.

 

Os compromissos envolvem diferentes aspectos do mundo esportivo e se dirige aos diferentes atores sociais que dele participam, que podem e devem contribuir efetivamente para o enfrentamento do racismo e a promoção da igualdade racial com posturas e práticas que se concretizem em políticas, processos e procedimentos, conforme sua realidade, condição, campo e âmbito de atuação.

 

A Carta Compromisso da Iniciativa se dirige a dirigentes esportivos, treinadores, árbitros, atletas, desportistas em geral, torcedores, membros da imprensa, lideranças de empresas de comunicação, lideranças empresariais, patrocinadores, operadores do direito desportivo, membros de organizações governamentais e não governamentais, pessoas ligadas direta ou indiretamente ao mundo do esporte.

 

A assinatura da Carta é voluntária, não implica em nenhuma obrigação legal, mas moral, ética, na medida que trata de adesão a um movimento legítimo e embasado no que há de mais elevado na afirmação do valor da diversidade humana.

 

Patrocinadores e membros de organizações do mundo esportivo têm especial responsabilidade na disseminação destes compromissos e eles poderão ser utilizados como ferramenta para promover a igualdade racial em seus relacionamentos.

 

 

10 COMPROMISSOS COM A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL

 

1.    Trabalhar ativamente pelo enfrentamento do racismo e pela promoção da igualdade racial em nossas atividades no mundo do esporte, sobretudo nós, lideranças, dirigentes, pessoas com alta responsabilidade sobre essas atividades.

 

2.    Promover igualdade de oportunidades e tratamento justo a todas as pessoas sempre que estiver sob nossa responsabilidade contratar, promover, educar, treinar ou liderar pessoas em nossas organizações.

 

3.    Promover ambiente respeitoso, seguro e saudável para todas as pessoas em nossas organizações, eventos ou qualquer lugar sobre o qual temos responsabilidades.

 

4.    Sensibilizar e educar para o respeito e a promoção da diversidade racial, utilizando de todos os meios ao nosso alcance para falar sobre o tema e sua importância, incluindo o cuidado com a comunicação e o marketing, suas oportunidades para rejeitar o racismo e promover o valor da diversidade humana.

 

5.    Estimular e apoiar a participação e articulação da população negra nas atividades relacionadas a estes compromissos.

 

6.    Promover o respeito à diversidade racial nas relações envolvendo patrocínio a atividades esportivas, compartilhando esses compromissos, seus princípios e regras básicas para enfrentamento solidário do racismo e as consequências para a inobservância do tema em contratos de qualquer natureza.

 

7.    Promover o respeito a todas as pessoas no planejamento de produtos, serviços, eventos esportivos e nos relacionamentos com todos que deles participam.

 

8.    Promover ações de desenvolvimento dos profissionais que atuam no mundo esportivo de maneira a se alcançar a igualdade racial no acesso a oportunidades de trabalho e renda.

 

9.    Promover o desenvolvimento econômico e social da população negra na cadeia de valor, no relacionamento com fornecedores e todas as organizações com as quais mantém relações comerciais, de patrocínio ou qualquer outra forma de contrato que permita enfrentar o racismo e oferecer oportunidades concretas a empreendedores ou empresários deste segmento da população.

 

10.    Promover e apoiar ações em prol da igualdade racial no relacionamento com a comunidade, nas atividades de inclusão social, voluntariado ou qualquer outra forma de investimento no desenvolvimento social, cultural, esportivo e comunitário de crianças, jovens e adultos.

AFROBRAS Copyright  ©  2016

MANIFESTO DA INICIATIVA DO ESPORTE PELA IGUALDADE RACIAL

Somos dirigentes esportivos, treinadores, árbitros, atletas, desportistas em geral, torcedores, membros da imprensa, lideranças de empresas de comunicação, lideranças empresariais, patrocinadores, operadores do direito desportivo, membros de organizações governamentais e não governamentais, pessoas ligadas direta ou indiretamente ao mundo do esporte, assumindo o compromisso com a promoção da igualdade racial, com o enfrentamento do racismo que afeta a população negra no Brasil e que afeta o desenvolvimento das pessoas, dos negócios, dos espetáculos esportivos e da sociedade.

 

Entendemos que a discriminação racial deve ser erradicada em nossas organizações e em nossas atividades relacionadas ao esporte, enfrentando todas as formas pelas quais ela se apresenta na relação com todos os públicos envolvidos: público interno, fornecedores, sindicatos, imprensa, comunidade em geral, entre outros.

 

Nossas organizações e nossas atividades relacionadas ao esporte não existem para discriminar ou compactuar com práticas de discriminação racial, mas para realizar uma missão que envolve necessariamente o respeito aos direitos humanos e a contribuição para o desenvolvimento sustentável.

 

Faz parte de nossa promessa, como organizações e pessoas do século XXI, sermos justos e éticos, por isso mesmo criativos e inovadores na busca de soluções que nos levem ao sucesso numa sociedade bem-sucedida, livre do racismo e de seus prejuízos a todas as pessoas.

 

Sabemos que as desigualdades étnico-raciais somadas às desigualdades de gênero estão presentes na sociedade onde realizamos nossas atividades. Elas afetam nosso desempenho em todos os níveis e por isso nos comprometemos a não apenas erradicar as práticas de discriminação racial em nossas organizações, mas a promover o valor da diversidade em todas as nossas ações e em todos os nossos relacionamentos.

 

Entendemos que, frente às desigualdades existentes, não basta rejeitar as práticas de discriminação, mas que é preciso realizar ações que possam corrigir as distorções, aproximando as nossas organizações dos segmentos étnico-raciais que enfrentam barreiras no acesso a oportunidades, tratamento justo, desenvolvimento profissional e plena realização do potencial de cada indivíduo, da organização e da sociedade.

 

Tudo que puder nos aproximar da composição étnico-racial da sociedade, tonar nossos ambientes inclusivos, respeitosos e plurais, promotores de respeito aos direitos humanos e, portanto, promotores de um mundo mais sustentável, interessa às nossas organizações, às nossas atividades no mundo esportivo e exige esforços para transformar discursos em práticas concretas de igualdade racial em tudo que somos e fazemos.

 

Queremos, por meio da Iniciativa Esporte pela Igualdade Racial e seus 10 Compromissos, afirmar nosso apreço pela diversidade humana, nosso compromisso com a rejeição às práticas de discriminação e nosso compromisso com a promoção da igualdade como expressão do respeito a todas as pessoas.

 

Valorizamos a diversidade e acreditamos que é fator fundamental para sermos pessoas e organizações melhores em sociedades sustentáveis. É nessa perspectiva que observamos e priorizamos em nossas ações os segmentos étnico-raciais historicamente discriminados, dentre os quais se destaca a população negra, sobretudo porque representa mais de 50% da população brasileira.

 

Dentro da população negra, reconhecemos que a somatória de situações de vulnerabilidade e desvantagem atinge, sobretudo, os mais jovens, os mais velhos, as mulheres, os homossexuais, as pessoas transgênero, as pessoas com deficiência, as pessoas mais pobres, as pessoas de religiões de origem africana, entre outros aspectos que devemos considerar nas práticas de promoção da igualdade racial.

 

Reafirmamos, ao priorizar esse segmento da população nas práticas de promoção da igualdade racial, que a discriminação é fonte de prejuízo humano, econômico, político, ambiental, cultural e social para toda a sociedade e que o desenvolvimento sustentável que buscamos só será possível com a participação ativa de todos e todas no respeito aos direitos humanos.

 

 

CARTA DE ADESÃO À INICIATIVA DO ESPORTE PELA IGUALDADE RACIAL E SEUS 10 COMPROMISSOS

 

Apresentação

 

Pessoas e organizações com responsabilidades e participação direta ou indireta em atividades esportivas no Brasil se comprometem, por meio da assinatura desta Carta, com o enfrentamento do racismo e a promoção da igualdade racial.

 

Os compromissos expressam sintonia com os princípios, leis e normas de respeito aos direitos humanos direta ou indiretamente relacionados à temática racial, estimulam atuação visando à expansão desses direitos na sociedade e também, voluntariamente, no âmbito de sua organização e de seus relacionamentos.

 

Assinar a Carta significa participar deste movimento de mobilização e de efetivo enfrentamento do racismo contra a população negra que a Iniciativa propõe realizar na sociedade brasileira. Os compromissos representam a agenda de trabalho concreto em torno da qual essa participação acontece, favorecendo articulação e integração de esforços de pessoas e organizações das mais variadas.

 

Os compromissos envolvem diferentes aspectos do mundo esportivo e se dirige aos diferentes atores sociais que dele participam, que podem e devem contribuir efetivamente para o enfrentamento do racismo e a promoção da igualdade racial com posturas e práticas que se concretizem em políticas, processos e procedimentos, conforme sua realidade, condição, campo e âmbito de atuação.

 

A Carta Compromisso da Iniciativa se dirige a dirigentes esportivos, treinadores, árbitros, atletas, desportistas em geral, torcedores, membros da imprensa, lideranças de empresas de comunicação, lideranças empresariais, patrocinadores, operadores do direito desportivo, membros de organizações governamentais e não governamentais, pessoas ligadas direta ou indiretamente ao mundo do esporte.

 

A assinatura da Carta é voluntária, não implica em nenhuma obrigação legal, mas moral, ética, na medida que trata de adesão a um movimento legítimo e embasado no que há de mais elevado na afirmação do valor da diversidade humana.

 

Patrocinadores e membros de organizações do mundo esportivo têm especial responsabilidade na disseminação destes compromissos e eles poderão ser utilizados como ferramenta para promover a igualdade racial em seus relacionamentos.

 

 

10 COMPROMISSOS COM A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL

 

1.    Trabalhar ativamente pelo enfrentamento do racismo e pela promoção da igualdade racial em nossas atividades no mundo do esporte, sobretudo nós, lideranças, dirigentes, pessoas com alta responsabilidade sobre essas atividades.

 

2.    Promover igualdade de oportunidades e tratamento justo a todas as pessoas sempre que estiver sob nossa responsabilidade contratar, promover, educar, treinar ou liderar pessoas em nossas organizações.

 

3.    Promover ambiente respeitoso, seguro e saudável para todas as pessoas em nossas organizações, eventos ou qualquer lugar sobre o qual temos responsabilidades.

 

4.    Sensibilizar e educar para o respeito e a promoção da diversidade racial, utilizando de todos os meios ao nosso alcance para falar sobre o tema e sua importância, incluindo o cuidado com a comunicação e o marketing, suas oportunidades para rejeitar o racismo e promover o valor da diversidade humana.

 

5.    Estimular e apoiar a participação e articulação da população negra nas atividades relacionadas a estes compromissos.

 

6.    Promover o respeito à diversidade racial nas relações envolvendo patrocínio a atividades esportivas, compartilhando esses compromissos, seus princípios e regras básicas para enfrentamento solidário do racismo e as consequências para a inobservância do tema em contratos de qualquer natureza.

 

7.    Promover o respeito a todas as pessoas no planejamento de produtos, serviços, eventos esportivos e nos relacionamentos com todos que deles participam.

 

8.    Promover ações de desenvolvimento dos profissionais que atuam no mundo esportivo de maneira a se alcançar a igualdade racial no acesso a oportunidades de trabalho e renda.

 

9.    Promover o desenvolvimento econômico e social da população negra na cadeia de valor, no relacionamento com fornecedores e todas as organizações com as quais mantém relações comerciais, de patrocínio ou qualquer outra forma de contrato que permita enfrentar o racismo e oferecer oportunidades concretas a empreendedores ou empresários deste segmento da população.

 

10.    Promover e apoiar ações em prol da igualdade racial no relacionamento com a comunidade, nas atividades de inclusão social, voluntariado ou qualquer outra forma de investimento no desenvolvimento social, cultural, esportivo e comunitário de crianças, jovens e adultos.